Produtos

LORBRENA 100MG C 30 COMP VER

LORBRENA 100MG C 30 COMP VER

Laboratório: Wyeth

R$ 38.243,79

Principio Ativo: Lorlatinibe

Apresentacao: Caixa contendo 3
0 comprimidos revestidos

Descrição


Lorbrena®


lorlatinibe


I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO


Nome comercial: Lorbrena®


Nome genérico: lorlatinibe


APRESENTAÇÕES Lorbrena® 25 mg em frascos contendo 90 comprimidos revestidos e 100 mg em frascos contendo 30 comprimidos revestidos.


VIA DE ADMINISTRAÇÃO: USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido revestido de Lorbrena® 25 mg contém 25 mg de lorlatinibe. Cada comprimido revestido de Lorbrena® 100 mg contém 100 mg de lorlatinibe. Excipientes: celulose microcristalina, fosfato de cálcio dibásico, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose, lactose monoidratada, macrogol 400, triacetina, dióxido de titânio, óxido ferroso, óxido de ferro vermelho. LL-PLD_Bra_CDSv3.0and4.0_23Sep2019/25mar2020_v1_LORCOR_03_VP 2 06/Apr/2020


II - INFORMAÇÕES AO PACIENTE


1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO? Lorbrena® é indicado para o tratamento de pacientes adultos com câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) avançado, positivo para quinase do linfoma anaplásico (ALK), previamente tratados com um ou mais inibidores da tirosina quinase (TKIs) ALK.


2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA? Lorlatinibe é um potente inibidor da tirosina quinase (TKI), que desempenha importante função no tratamento de pacientes com câncer de pulmão de não pequenas células (CPNPC) avançado e positivo para ALK (Quinase do Linfoma Anaplásico) e que tenham sido previamente tratados com um ou mais inibidores de ALK. Lorbrena® inibe a proliferação celular, impedindo o crescimento do tumor que apresenta alterações moleculares no gene ALK. Estudos clínicos demostram que Lorbrena®, usado em terapia única e continuamente, foi eficaz também em pacientes que desenvolveram resistência a outros inibidores de ALK após o uso de terapias prévias. Além disso, apresenta respostas significativas nas lesões intracranianas devido sua importante ação no Sistema Nervoso Central. Depois que você ingere a cápsula de Lorbrena®, a medicação é absorvida e atinge a quantidade máxima no sangue no tempo médio de 1,2 horas. O tempo mediano para ocorrer resposta tumoral foi de 1,4 meses, de acordo com estudos clínicos.


3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? O uso concomitante de indutores potentes do CYP3A com o lorlatinibe é contraindicado devido à potencialidade de hepatotoxicidade grave (elevações da aspartato aminotransferase [AST] e da alanina aminotransferase [ALT]) (vide questão 4. O que devo saber antes de usar este medicamento? item Interações Medicamentosas). Lorbrena® é contraindicado em pacientes com hipersensibilidades ao lorlatinibe ou a qualquer componente da fórmula.


4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO? Hiperlipidemia O uso de lorlatinibe tem sido associado ao aumento de colesterol sérico e triglicerídeos, que devem ser monitorados pelo seu médico. Se for necessário, ele poderá introduzir ou modificar a terapia para controle dos índices de colesterol no sangue. Efeitos no sistema nervoso central Podem ser observados efeitos no sistema nervoso central (SNC) em pacientes que fazem uso de Lorbrena®, como efeitos psicóticos, alterações na função cognitiva, no humor e na fala. A interrupção da medicação, redução da dose ou descontinuação devem ser consideradas pelo médico, quando apropriadas, se tais sintomas forem observados. Bloqueio atrioventricular Lorbrena® pode causar algumas alterações no exame de eletrocardiograma, como prolongamento do intervalo PR e eventos de bloqueio atrioventricular (AV). É recomendado monitoramento com eletrocardiograma (ECG) periodicamente, particularmente em pacientes com predisposição para a ocorrência de eventos cardíacos. Se ocorrerem alterações nos exames, pode ser necessário alterar a dosagem. Pneumonite Lorbrena® pode causar inflamação nos pulmões (pneumonite). Seu médico deve ficar atento para o agravamento de sintomas pulmonares que você possa apresentar, como tosse, febre e falta de ar. O tratamento deve ser interrompido permanentemente se ocorrer esse tipo de inflamação (pneumonite). Fertilidade Mulheres em idade reprodutiva devem ser orientadas a evitar a gravidez durante o uso de Lorbrena®. É necessário um método anticoncepcional não hormonal altamente eficaz para pacientes do sexo feminino durante o tratamento com Lorbrena®, porque o lorlatinibe pode tornar os contraceptivos hormonais ineficazes. LL-PLD_Bra_CDSv3.0and4.0_23Sep2019/25mar2020_v1_LORCOR_03_VP 3 06/Apr/2020 Desta forma, homens e mulheres em idade fértil que estejam em tratamento com Lorbrena® devem utilizar métodos contraceptivos eficazes, incluindo preservativo, durante todo o tratamento e por pelo menos 97 dias após o término do tratamento com Lorbrena®. Não se sabe se Lorbrena ® afeta a fertilidade feminina. Os homens devem procurar aconselhamento sobre a preservação efetiva da fertilidade antes do tratamento, uma vez que a fertilidade masculina pode ficar comprometida durante o tratamento com Lorbrena®. Gravidez Lorbrena® não é recomendado durante a gravidez ou para mulheres em idade fértil que não estejam usando métodos contraceptivos. Lorbrena® pode causar dano fetal quando administrado a uma mulher grávida, com base em estudos realizados em animais. Se a paciente ou a parceira do paciente ficar grávida durante este período, consulte o médico. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez. Lactação Não se sabe se o lorlatinibe e os seus metabólitos são excretados no leite humano. Lorbrena® não deve ser usado durante a amamentação Efeitos na habilidade de dirigir e operar máquinas Lorbrena® tem influência moderada na capacidade de dirigir e operar máquinas. Recomenda-se precaução ao conduzir ou operar máquinas, Interações medicamentosas Agentes que podem aumentar a quantidade de Lorbrena® no sangue: a coadministração de Lorbrena® com inibidores fortes de CYP3A pode aumentar as concentrações sanguíneas de lorlatinibe. O uso concomitante de inibidores fortes de CYP3A, incluindo mas não limitado a boceprevir, cobicistate, conivaptan, itraconazol, cetoconazol, posaconazol, telaprevir, troleandomicina, voriconazol, ritonavir, paritaprevir em combinação com ritonavir e ombitasvir e/ou dasabuvir e ritonavir em combinação com danoprevir, elvitegravir, indinavir, lopinavir, saquinavir ou tipranavir pode aumentar as concentrações plasmáticas de lorlatinibe. Deve-se considerar um medicamento concomitante alternativo com menor potencial para inibir o CYP3A. Os produtos à base de toranja (grapefruit) também podem aumentar as concentrações plasmáticas de lorlatinibe e devem ser evitados. Agentes que podem diminuir a quantidade de Lorbrena® no sangue: a coadministração de Lorbrena® com indutores fortes de CYP3A pode diminuir as concentrações sanguíneas de lorlatinibe. O uso concomitante de indutores fortes de CYP3A, incluindo, mas não limitado a rifampicina, carbamazepina, enzalutamida, mitotano, fenitoína e Erva de São João pode diminuir as concentrações plasmáticas de lorlatinibe. Outros medicamentos podem ter suas concentrações plasmáticas alteradas pelo Lorbrena® incluindo, mas não limitadas a contraceptivos hormonais, alfentanil, ciclosporina, diidroergotamina, ergotamina, fentanil, pimozida, quinidina, sirolimus e tacrolimus. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.


5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO? Lorbrena® deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 ºC e 30 ºC). Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. Lorbrena® 25 mg: LL-PLD_Bra_CDSv3.0and4.0_23Sep2019/25mar2020_v1_LORCOR_03_VP 4 06/Apr/2020 Comprimido rosa claro, redondo, revestido por película de liberação imediata de 8 mm, gravado com a palavra "Pfizer" em uma das faces e “LLN 25" na outra face. Lorbrena® 100 mg: Comprimido rosa escuro, oval (8,5 x 17 mm), revestido por película de liberação imediata de 100 mg, gravado com a palavra "Pfizer" em uma das faces e "LLN 100" na outra face.


6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO? Lorbrena® deve ser recomendado a você por profissionais de saúde, após a realização da análise do seu tumor, que deve ser do tipo “não pequenas células” (CPNPC) e positivo para ALK. Esta análise deve ser realizada por laboratórios com proficiência comprovada na tecnologia específica utilizada. Execução inadequada do ensaio, falhas técnicas ou erros do operador durante a execução do teste podem levar a resultados inválidos. Dose recomendada A dose recomendada de Lorbrena® é de 100 mg por via oral, uma vez ao dia, de forma contínua até que haja progressão da doença ou se houver toxicidade inaceitável. Lorbrena® pode ser tomado com ou sem alimento. Os comprimidos devem ser engolidos inteiros e aproximadamente à mesma hora todos os dias. Modificação da dose A interrupção e/ou redução da dose pode ser requerida com base na segurança e tolerabilidade individuais. Seu médico deve orientá-lo quanto à dose adequada, caso ele decida modificá-la. Insuficiência hepática Nenhum ajuste de dose é recomendado para pacientes com insuficiência hepática leve. O tratamento com Lorbrena® não é recomendado para pacientes com insuficiência hepática moderada a grave. Insuficiência renal Nenhum ajuste de dose é recomendado para pacientes com insuficiência renal leve ou moderada. Porém o Lorbrena® não é recomendado para pacientes com insuficiência renal grave. Pacientes idosos Não é necessário ajuste na dose inicial. Pacientes pediátricos A segurança e a eficácia de Lorbrena ® em pacientes pediátricos não foram estabelecidas. Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.


7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO? Se uma dose de Lorbrena® for esquecida, então ela deve ser tomada tão logo o paciente se lembrar, a não ser que falte menos de 4 horas para a próxima dose, e nesse caso, o paciente não deve tomar a dose esquecida. Os pacientes não devem tomar duas doses ao mesmo tempo para compensar a dose esquecida. Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.


8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR? Em estudos clínicos de lorlatinibe, os eventos adversos mais comuns em pacientes com CPNPC avançado positivo para ALK foram hipercolesterolemia e hipertrigliceridemia (aumento dos níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue), edema (inchaço), neuropatia periférica (disfunção dos nervos periféricos), efeitos cognitivos, fadiga (cansaço excessivo), aumento de peso, artralgia, efeitos no humor e diarreia. Os mais graves foram efeitos cognitivos e pneumonite. Os eventos adversos listados a seguir são apresentados por categorias de frequência. Reação muito comum (ocorre em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): hipercolesterolemia (aumento do colesterol), hipertrigliceridemia (aumento do triglicérides), alterações no humor, transtornos cognitivos, neuropatia periférica, alterações visuais, diarreia, constipação, artralgia, edema (inchaço), fadiga (cansaço excessivo) e ganho de peso. LL-PLD_Bra_CDSv3.0and4.0_23Sep2019/25mar2020_v1_LORCOR_03_VP 5 06/Apr/2020 Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): efeitos psicóticos, alterações do estado mental, efeitos na fala, pneumonite. Atenção: este produto é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis, mesmo que indicado e utilizado corretamente, podem ocorrer eventos adversos imprevisíveis ou desconhecidos. Nesse caso, informe seu médico ou cirurgião-dentista.


9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO? O tratamento de superdosagem com Lorbrena® consiste em medidas de suporte em geral. Procure imediatamente seu médico em caso de ingestão de dose maior do que a recomendada. Não há antídoto para o lorlatinibe. Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações. 

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.